Tem chef em casa: série gastronômica produzida durante o covid-19

Tem chef em casa: E aí pessoa, tudo bem? Hoje a gente volta a falar sobre comida, porque a gente gosta pouco, sabe?!

E a série TEM CHEF EM CASA tem uma curiosidade: ela foi produzida pela Discovery Home & Health durante o período de isolamento (Covid-19). Estreia: sexta-feira, 26 de junho, às 22h10.

É isso mesmo! A produção seguiu todos os protocolos sanitários, por exemplo, e foi gravada remotamente pelos próprios participantes, em suas casas.

“O período é, sem dúvida, desafiador para a produção de conteúdo. No entanto, enxergamos nas atuais circunstâncias a oportunidade de abordar a relação das pessoas com a culinária de um jeito divertido e, ao mesmo tempo, ajudar os cozinheiros principiantes”, afirma Mônica Pimentel, vice-presidente de conteúdo da Discovery Networks Brasil.

Entenda como a série TEM CHEF EM CASA foi produzida

Divulgação: Instagram Carol Fioretino

A série foi inteiramente produzida durante os dois primeiros meses de quarentena e é a nova competição culinária do Discovery Home & Health.

Chefs renomados protagonizam duelos com uma condição: eles não podem cozinhar e devem apenas orientar seus ajudantes com o passo a passo de receitas e de casa.

Os cinco episódios, com duração de meia hora, acompanham duelos entre os chefs Carlos Bertolazzi e Danielle Dahoui; Luiza Hoffmann e Pedro Benoliel; Jiang Pu e Raul Lemos; Estefano Zaquini e Fabrizio Fasano Jr.; Emmanuel Bassoleil e Erick Jacquin.

Cada qual em sua casa, eles criarão receitas e ensinarão o passo a passo dos preparos.

Regras da série TEM CHEF EM CASA

As regras dos embates são simples: os participantes recebem sacolas com ingredientes surpresa e têm uma hora para preparar dois pratos deliciosos.

No entanto, há a condição de que os chefs não podem tocar nas panelas! Eles atuarão como mentores de ajudantes que irão executar as receitas.

Nem sempre afeitos à culinária, esses ajudantes – familiares ou amigos que passam o período de distanciamento social com os chefs – precisam seguir à risca as orientações para apresentar os pratos finalizados a Carol, que avaliará o desempenho das equipes.

Tudo isso se torna interessantíssimo para uma competição divertida, além, claro, das dicas criativas e truques de chef que facilitam os preparos caseiros.

Toda a produção foi gravada de maneira remota. Cada chef recebeu um kit de equipamentos em casa, com celular, câmera extra, computador, microfone e equipamentos de iluminação – tudo de fácil utilização porque era necessário garantir a qualidade da produção e o cumprimento do distanciamento social.

Carol Fioretino, apresentadora da competição, avaliará as equipes com base nos critérios: criatividade das receitas, didática dos chefs, uso dos ingredientes – que deve ser otimizado, com o mínimo de sobras e sem desperdício de alimentos – além da apresentação dos pratos nas fotos. Vence a dupla que trabalhar de maneira harmônica e tiver as imagens mais “apetitosas”.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0